Morre Joaquim do Alecrim, criador da Festa do Peixe, em Potengi




Joaquim do Alecrim |Reprodução Potengi na Internet.

Morreu no início da noite desta quarta-feira(29), no Hospital Municipal de Potengi, Joaquim Raimundo da Silva (72), o Joaquim do Alecrim como era conhecido pela população Potengiense. A causa da morte não foi informada, no entanto, Joaquim era portador de diabetes.

Joaquim nasceu na Vila Alecrim, zona rural do município foi o responsável por idealizar, em 1990 a Festa do Peixe, que depois se tornou uma das mais tradicionais do Cariri Oeste. O evento acontecia  anualmente no mês de Julho e contava com o desfile da gata molhada para escolha da Rainha do Peixe. Este ano a festa não foi realizada por causa da pandemia do novo Coronavírus.

Com seu  bordão "Joaquim do Alecrim que faz por você e faz por mim, e Deus faz por nós tudim" o homem simples e divertido cativou os cidadãos Potengienses e visitantes, deixando um legado de amizade na terra dos ferreiros.

"A partir deste evento o nome da Vila Alecrim foi levado para todos os pontos da região Joaquim do Alecrim deixa um legado incomparável para comunidade de Alecrim e para a cidade de Potengi", lembrou o professor Jonas Gonçalves.



Postar um comentário

2 Comentários

  1. Agradava a todos com sua simplicidade.
    Meus sentimentos de pesar e que Deus te receba em sua Glória Celestial.

    ResponderExcluir